Indústria da Construção mantém trajetória de queda, indica sondagem

 

sondagem-construcao-maio

Dados da Sondagem da Indústria da Construção de maio, divulgados nesta quarta-feira (24/06), revelam a manutenção da trajetória de queda do setor da construção.

O nível de atividade e o número de empregados se mantiveram em queda. O índice de evolução do nível de atividade comparada ao mês anterior aumentou de 36,5 para 37,7 pontos, mas como se manteve abaixo da linha divisória de 50 pontos, indica que houve queda da atividade, ainda que menos disseminada que no mês de abril. O índice de evolução do número de empregados oscilou de 36,32 para 36,6 pontos, dentro da margem de erro do índice. Como se manteve abaixo dos 50 pontos, indica redução do número de empregados.

O uso da capacidade de operação ficou em 61% e o índice de nível de atividade efetivo em relação ao usual foi de 30,7 pontos, o que representa um aumento de 1,3 ponto na comparação com o mês anterior. Esse índice varia de 0 a 100 pontos e quanto mais distante de 50 pontos maior a distância entre o nível de atividade observada e a usual para o mês. Logo, a atividade segue desaquecida, ainda que o resultado de maio seja menos negativo que o do mês anterior.

A Sondagem revela que houve uma leve redução do pessimismo dos empresários em junho. No entanto, nada que melhore substancialmente as expectativas sobre o nível de atividade, novos empreendimentos e serviços, compras de insumos e matérias-primas ou número de empregados. A pesquisa foi realizada no período de 1º a 12 de junho junto a 598 empresas, sendo 197 de pequeno porte, 272 de médio porte e 129 de grande porte.

A Sondagem da Indústria da Construção é uma pesquisa de opinião empresarial realizada mensalmente pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), com o apoio da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). O objetivo é acompanhar a evolução da atividade da Construção, do sentimento do empresário e das suas perspectivas.

Clique aqui para acessar a íntegra da sondagem.

(do Portal Construção DF, com informações da CNI e CBIC)

Os boletos de anuidade dos sócios estão sendo enviados por e-mail. Caso ainda não tenha recebido o seu, entre em contato por nosso whatsapp.